Mapas do Mundo
Atual, Acreditável, Consistente

Get Custom Mapping Quote +1 408 637 0064 | sales@mapsofworld.com

Mapa do Mundo / Guiné-Bissau Mapa

Guiné-Bissau Mapa

Guiné-Bissau Mapa
description  : Mapa Guiné-Bissau mostrando as fronteiras internacionais e os Estados com suas capitais e de capital nacional. désistement
Close

désistement :Todos os esforços foram feitos para tornar esta imagem precisa. No entanto Compare Infobase Limited, seus diretores e funcionários não possuem qualquer responsabilidade sobre a exatidão ou autenticidade das mesmas.

A Guiné-Bissau é um país africano localizado a noroeste do continente africano, tendo como países limítrofes Guiné e Senegal.

A pequena Guiné-Bissau já fez parte do Império Mali que existiu entre 1230 e 1600 e, após o colapso desse império, tornou-se parte do Império Kaabu. O antigo Império Mali era dividido entre muitos líderes, mas o governante Kaabu, Sami Koli, obteve maior êxito em seu reinado. O Império Kaabu permaneceu no controle de parte de suas terras até o século XVIII. Porém, europeus de diversos países chegaram ao oeste da África por volta de 1455. Os portugueses estabeleceram colônias na Guiné-Bissau, mas os locais resistiram ao seu avanço em direção ao interior, continuando a permitir o comércio em seus portos. Os portugueses, no entanto, estabeleceram o território como Guiné Portuguesa, que foi um importante ponto para o comércio de escravos no Atlântico, assim como de ouro, marfim e outros produtos.

O povo da Guiné-Bissau começou a lutar pela independência em 1950, com a formação do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC). O PAIGC se fortaleceu durante os anos 60 e a Guiné-Bissau conquistou a independência em 1974. Após a independência, a nova liderança massacrou o Exército Português remanescente, mas o novo regime foi deposto e substituído por um governo liderado por João Bernardo Vieira em 1980. As primeiras eleições democráticas pluripartidárias foram realizadas em 1994.

Países Vizinhos
Guiné-Bissau faz fronteira com Senegal e Guiné, e está localizado ao longo da costa do Atlântico.
Principais Cidades 1. Bissau
2. Bafata
3. Bolama
4. Gabu

Geografia
A Guiné-Bissau é um pequeno país com uma costa de manguezais e interior de florestas e savanas. A topografia do país é bastante plana, tendo seu ponto mais alto a apenas 300 metros acima do nível do mar. Os rios têm um papel importante como rotas comerciais no país. Alguns dos rios com importância comercial são o Cacheu, o Geba e o Rio Grande de Buba, que tem um estuário ao longo da costa do Atlântico.

O país tem cerca de 350 km de costa e seu território inclui o arquipélago dos Bijagós, que contém por volta de 88 ilhotas. Estas ilhas são inabitadas em sua maioria, mas há 20 ilhas que têm uma população constante. Além disso, elas são reconhecidas como uma Reserva de Biosfera da UNESCO e servem como hábitat para uma variedade de espécies de plantas e animais, incluindo hipopótamos e tartarugas.

Atrações Turísticas
A Guiné-Bissau tem uma série de belezas naturais, assim como exóticas vilas coloniais, resorts, e destinos históricos, incluindo locais relacionados ao tráfico de escravos, mercados e antigos fortes. A capital Bissau é a maior cidade do país e abriga o centro histórico, com arquitetura colonial, museus, mercados e a Fortaleza d’Amura, um forte histórico com artefatos da revolução. O porto da cidade ainda é usado por pescadores e foi o local de batalhas revolucionárias, comemoradas com a escultura de um punho negro.

As Ilhas Bijagós são outro grande destino na Guiné-Bissau, com florestas tropicais, natureza intocada, praias e alojamentos de pesca.

Transporte
O principal aeroporto da Guiné-Bissau está localizado na capital Bissau, o Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira. Este aeroporto tem voos diretos de Portugal várias vezes por semana, bem como voos para outros aeroportos regionais na África e para alguns destinos na Europa e nos EUA. Há vários portos em Guiné-Bissau, logo, chegar a Bissau, Buba, Cacheu ou Farim de barco é outra opção.

Não há serviço ferroviário em Guiné-Bissau, mas há muitas rodovias. A rodovia Trans-Oeste Africana atravessa o país, ligando-o à Gâmbia e à Guiné.

Os taxis compartilhados são um meio de transporte popular dentro da cidade, assim como vans conhecidas como toca-tocas. Barcos e balsas transportam passageiros para as ilhas. Bicicletas também são uma boa alternativa para circular pela cidade.